Nova Vila Hípica - Jockey Club do RS

A sede do Jockey Club do Rio Grande do Sul foi tombada pela Prefeitura Municipal de Porto Alegre em 2005 pelo significado e importância de sua arquitetura. Em 2011 o COMPAHC aceitou a proposta de encurtamento da pista de corrida para o padrão internacional de uma milha e definiu a área de entorno do bem tombado. Isto abriu caminho para que a Kiefer Arquitetos elaborasse um plano diretor para toda a área do clube. Encaminhado à CAUGE, este plano foi aprovado em forma de diretrizes urbanísticas que tem por objetivo garantir a sustentabilidade futura do clube através do restauro e proteção do patrimônio histórico tombado, preservação e valorização da atividade turfe e implantação da Nova Vila Hípica. A partir da aprovação das diretrizes, o clube se dedicou a realizar diversas benfeitorias, como, por exemplo, a substituição da escada rolante e recuperação da transparência do térreo do Pavilhão Social, a reforma da pista de corrida, a substituição dos telhados dos três pavilhões, a impermeabilização da laje da Veterinária, a vedação das fachadas dos pavilhões para estancar processos de deterioração e a execução do projeto da Nova Vila Hípica.

A construção da Nova Vila Hípica, com arquitetura compatível com o patrimônio arquitetônico tombado, se tornou necessária, pois a Antiga Vila Hípica, que suportava as atividades do turfe no clube, se encontrava em terreno alienado em contrato com outra empresa. A Nova Vila Hípica possui capacidade para abrigar 436 cavalos distribuídos em 22 cocheiras com infraestrutura privativa de convivência para funcionários, vestiário, farmácia, baias, ducha, depósito para ração e serragem e, no segundo pavimento, escritório com vista panorâmica para a pista de corrida. São mais de 9.000m² construídos em alvenaria estrutural aparente – blocos de concreto - e cobertos com telhas cerâmicas com ventilação natural permanente.

Além da infraestrutura para abrigar os animais na Nova Vila Hípica, a Kiefer Arquitetos projetou, no mesmo padrão construtivo, uma guarita com portaria 24 horas e sede administrativa, um depósito para equipamentos de manutenção e partidor usado nas corridas, uma área comercial, que será executada em uma segunda etapa, e um Hospital Veterinário com 530m² de área construída, podendo receber até 10 cavalos para tratamento simultâneo. A infraestrutura do Hospital Veterinário, além de recepção, consultório, laboratório, farmácia, sala de reuniões e alojamentos, possui bloco cirúrgico completo climatizado atendendo às normas em vigor.

Projeto
Arq. Flávio Kiefer | Arq. Lídia Arcevenco
Localização
Porto Alegre/RS
Área do Terreno
40967 m2
Área Construida
11733 m2
Data do Projeto
2019
Colaboradores
Arq. Marina Camara | Fotos: Fábio del Re